Poeminha…

No inverno, quando tudo é alvo como leite,

Canto esta canção só para o seu deleite…

Na primavera, quando os bosques verdejam,

Tentarei lhe dizer o que estes versos ensejam.

No verão, quando é tão longo o dia,

Talvez você entenda essa melodia;

No outono, estando as folhas a tombar,

Trate de tudo isto no papel registar.

Lewis Carroll

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: